Negra Anastácia

Sobre a Autora: Quem é Negra Anastácia? Quando e onde nasceu? Como se formou a escritora e poeta? Como e onde vive? Importa é para onde nos leva. Suas palavras libertas, sua poesia ousada, o pensamento autêntico e inquietador, nos revelam a mediocridade cotidiana, a hipocrisia diuturna, a ilusão romântica, a mentira, o ego, a que estamos, muitos, submetidos. Seus versos revolvem os cantos, enchem de ar e vento o pensar, surpreendem, destroem, incomodam, levam ao riso. Anastácia desvela, revela, aponta e, generosa, verdadeira, nos convida ao existir. Alma feminina, nos convoca ao prazer, ao estar criativamente vivos, gostosamente loucos, prontos para a alegria. Anastácia é mulher, é fogo, é água, é língua, é reza, é liberdade. É aí que ela vive.

Giselle Peixe

Sobre o Livro: Texto sobre livro: Box N.A: “Qual a posição ideal para ler os poemas deste livro?” De joelhos? Com as costas curvadas? Com os braços elevados? Com as mãos unidas e dedos entrelaçados? Leia de pé, deitado ou sentado.O difícil será, ao terminar de ler, conseguir ficar parado.

botao-voltar