Ricardo Dantas

Sobre o autor: Ricardo Dantas é potiguar, esposo de Yara Macuxi, Biólogo, especialista em Agroambiente e mestre em Agroecologia. É servidor do IFRR, Campus Amajari, atendendo alunos de aldeias indígenas e de assentamentos, nas savanas roraimenses. 

Escritor que vive na Floresta Amazônica, biólogo, Ricardo Dantas demonstra em sua literatura o amor pela natureza e o conhecimento de suas entranhas. Começou a escrever seu primeiro livro, “Meia Pata”, em 2008, quando trabalhava em um Plano de Manejo Florestal Sustentável no município de Caracaraí, em Roraima. Os trabalhadores florestais da empresa de manejo eram, em sua maioria, antigos extrativistas de Castanha da Amazônia. Ricardo os acompanhava no interior da floresta, supervisionando as atividades florestais. Ouvia muitas histórias sobre a vida na floresta. Inspirado por essa oportunidade única, enveredou de vez pelo mundo da literatura. Ele define seu estilo literário como bioarte, uma prosa ambiental e ecológica.

Sobre o livro: Em “Meia Pata”, Ricardo Dantas apresenta Daniel Silva, biólogo pesquisador que , no final da década de 1980, tem como sonho estudar a maior selva do planeta. Ele acaba indo para Roraima e, completamente sem infraestrutura, parte em sua jornada ao interior da região amazônica. Com uma equipe de trabalhadores formada com mão de obra local, principalmente o caçador Velho Xereta e seu filho, o rastreador florestal Ronaldo, Daniel embrenha-se na mata fechada, onde acaba por conhecer, na prática, o que antes só via na televisão. Em sua experiência na região mais isolada e peculiar da Amazônia legal, Daniel será submetido a todo tipo de situação, de um romance inusitado e místico com a linda indígena da etnia Macuxi, Iara Parente, a um embate por luta de território e respeito com a maior predadora da floresta, a onça-pintada. o mesmo efeito.

botao-voltar