Liliane Mendonça lança tradução de ‘François’, clássico de George Sand, na Aliança Francesa

18/09/2017
O romance François, O Menino Abandonado (editora Kazuá), de George Sand, pseudônimo da escritora francesa do século XIX, Aurore Dupin, será lançado em português, nesta quinta-feira, 21, a partir das 17hs, na Aliança Francesa. A tradução é de Liliane Mendonça, formada em Letras – Francês, pela UFPR.
 
Quando leu François, Le Champi, por recomendação da sua professora, a doutora em Letras pela USP e então professora da graduação na UFPR, Lúcia Cherem, a estudante apaixonou-se pelo romance campestre que conta a história do menino abandonado e depois adotado, que jamais se livrou do preconceito da sociedade.
 
No prefácio, Lúcia Cherem faz um apanhado sobre a autora francesa que adotou um nome masculino para ser melhor aceita entre os intelectuais do século XIX. Contemporânea e muito amiga de autores geniais, como Gustave Flaubert e Honoré de Balzac,  Aurore Dupin é uma referência para as feministas do mundo todo por ter conquistado seu lugar numa época em que dificilmente a mulher vivia de seu próprio trabalho.
 

O evento

O evento conta com o apoio de Marcelo Almeida, através do projeto Soirées Littéraires, criado para estimular o hábito da leitura e a formação de grupos de discussão literária, sempre com obras da literatura francesa e francófona. Os livros serão fornecidos e colocados à disposição dos leitores por meio de empréstimo. Na ocasião, o romance campestre de George Sand será discutido pelo grupo que já terá lido e se emocionado com a história de François.
 
Para reviver o ambiente da casa onde a autora costumava receber seus amigos famosos, em Nohant, interior da França, a Aliança Francesa programou um recital de piano, uma Soirée Littéraire à Nohant, com composições de Liszt e Chopin, com quem Aurore Dupin viveu durante nove anos.
A partir das 17 horas, a tradutora, Liliane Mendonça, estará à
disposição para autografar o livro que será comercializado no local.
 

A autora

George Sand influenciou também o célebre autor Marcel Proust, que teve a obra François entre suas leituras preferidas da juventude. O livro é citado em seu famoso Em Busca do Tempo Perdido .”Esse romance de Sand parece inspirar toda a obra de Proust”, disse Antoinette Fouque, estudiosa da autora.
 
Segundo Lúcia Cherem, “o texto de Proust revela intimidade com a alma feminina, doméstica, sensorial, muito semelhante com o que nos encanta em Sand.”
 
 

Serviço


Lançamento do livro François, o menino abandonado.

Data: 21 de setembro de 2017, quinta-feira, das 17 às 20hs.

Local: Aliança Francesa de Curitiba – Rua Prudente de Moraes, 1101, Centro.