LANÇAMENTO do livro “Para que eu não ande vagueando atrás de Mel”, de Carolina Turboli

21/06/2017

A autora Carolina Turboli apresenta no dia 22 de junho seu livro de estreia “Para que eu não ande vaguando atrás de Mel”, no Rio de Janeiro. O lançamento será no Centro Cultural da Justiça Federal (Av. Rio Branco, 241) a partir das 18h30.

O livro trata, em 49 capítulos, segundo a própria autora de “um romance gestado em 30 dias – parto normal – após decepção amorosa real. Foram precisos 1185 dias e 20 exatas reescrituras pra que ele lhes pudesse fulgurar conforme brilha agora, entre nudes do I-ching e a benção dos arquétipos – ou arcanos maiores – do Tarot de Marselha. ” A capa quase surrealista imita a escadaria Selarón atravessada por um mapa online e um São Sebastião mulher. O projeto gráfico foi uma gravidez cuidadosa entre a autora e a Editora Kazuá.

Passado por muitas mãos e com textos complementares de intelectuais reconhecidos do Rio de Janeiro, o livro é uma promessa ousada de permanência quando o Amor rói as sentenças e as mãos avermelhadas de algum homem ou mulher, abandonados como um personagem de livro.

A autora ainda enuncia: “À maneira de Nicanor Parra, não me responsabilizo se a ficção, como nos contos de Cortázar, tanto se misturarem à vida-montanha-russa que acabem por lhes deitar sangue do nariz. ”

Confira o teaser de divulgação para o lançamento:

Carolina se identifica como escritora-compositora e também é música e possui trabalhos realizados no teatro. “Costumo dizer que a música me faz feliz, e a Literatura faço por necessidade”, conta a autora.  Sobre o teatro, ela explica: “A Literatura me parece mais verossímil do que a vida, e essa é minha concepção de Teatro: imitar a “Literatura de dentro” no palco.”

A autora ainda participa dos grupos de mulheres “Escritas do Corpo Feminino” e do coletivo de poetas chamado “Disk Musa”. Para Carolina “ser mulher no meio literário é tão desconfortável quanto ser mulher e ir ao mecânico, por exemplo. Pra mim, é a mesma coisa. As pessoas ficam te olhando e avaliando suas capacidades cognitivas. Querem te passar a perna ou te colocam no grupo “’café-com- leite’. De qualquer maneira, a minha resolução é escrever e estar perto de outras mulheres, lembrando-as de fazer o mesmo. Graças às Deusas, o momento é (mais) apropriado pra isso”.

SERVIÇO

O QUÊ: Lançamento do livro “Para que eu não ande vagueando atrás de Mel”, de Carolina Turboli

ONDE: CENTRO CULTURAL DA JUSTIÇA FEDERAL – CCJF – Av. Rio Branco, 241 – Centro, Rio de Janeiro

QUANDO: Dia 22 de junho, a partir das 18h30